Olá meninas, tudo bem?

Vim aqui explicar sobre o novo projeto que sempre posto no Instagram (@leonorcorreaa). A ideia surgiu há mais de um ano, depois que eu me formei em direito, decidi que eu queria seguir o ramo da moda, porém na minha cidade não tinha curso de Designer. Foi quando abriu o curso de costura e modelagem no Senai aqui de Uberaba, então ví uma oportunidade de aprender algo novo. Me apaixonei pela área do MADE WITH HAND (Feito à mão) e decidi seguir minha antiga ideia de ter uma marca minha. Eu viajava colecionando ideias no pinterest sobre o ateliê e as peças. Porém eu não me contentava só com roupas, eu era mais que isso, eu sabia mais. Foi ai que decidi aliar todos os meus talentos em um lugar só, como: artes, decoração, blog, acessórios e roupas. No ano passado eu havia feito o curso, mas até então eu não tinha nenhuma experiência na área para saber como realmente funcionava a produção de moda na prática. Eu me sentia insegura, desmotivada e perdida.

Comecei fazendo acessórios para juntar um dinheiro e investir nos materiais para a produção de roupas, porém imprevistos aconteceram, tive que gastar todo o dinheiro que juntei e não deu certo (ou deu, pois quando eu precisei eu tive, nunca deixava de pagar minhas contas). Conclui que ainda não era a hora. Durante esse tempo, muitas e muitas coisas aconteceram, dei uma parada com o site, mas não desisti, eu sentia que a hora de eu realmente fazer algo maior ia chegar. Eu não tinha dinheiro para investir em máquinas, tecidos e um lugar para a produção, era tudo muito caro e eu estava em uma fase financeira difícil. Me ví novamente perdida, sem ânimo, propósito e sonhos. A ansiedade começou a atacar, eu sentia que eu precisava fazer algo, mudar, fazer renascer antigos sonhos. Então rezei muito e pedi a ajuda de Deus, que me desse um sinal, uma oportunidade para eu conseguir continuar minha vida com meus propósitos, para eu poder trabalhar com o que eu gosto e viver feliz nisso. No dia seguinte uma amiga que fez o curso de modelagem comigo e faz trabalho voluntário no mesmo lugar que eu me ligou. A princípio o assunto era outro, então fomos desenrolando as ideias e ela me chamou para fazer as roupas da minha marca com ela em seu ateliê. O nome dela é Mary, uma pessoa incrível, animada, espirituosa, que entende muito da produção de roupas, pois trabalha com isso há muitos anos.

Estou animada, feliz e esperançosa de que vai dar certo. Meu intuito não é ficar famosa ou rica, quero apenas, na simplicidade e no amor, fazer o que eu gosto de forma verdadeira e consciente. Entendo que o caminhar é o que vale, vale o dia-a-dia, as risadas, o trabalho, o amor por aquilo que si faz. Sei que já deu certo, pois tudo o que é programado por Deus acontece na hora certa para dar certo. Como dizia Newton: “O acaso é uma lei muito bem trabalhada para dar certo”. Sei que dar certo não significa só flores, sou madura o suficiente para entender que haverão pedras, caminhos tortuosos, dificuldades, porém, não desistirei, continuarei firme em meu propósito de levar peças feitas por alguém que ama o que faz para as pessoas de todas as idades e corpos.

Vamos começar com 5 modelos e eu irei postar todas aqui no site e no meu instagram. Serão peças básicas, minimalistas, estilosas, atemporais e versáteis. Quero fazer algo que combine com o que vocês já tem, que deem para vocês usarem pro resto da vida e passem a consumir moda de uma forma diferente, mais consciente. Trabalharemos com a forma SOB ENCOMENDA, para evitar os resíduos no planeta. Então criaremos as peças, teremos um pequeno estoque de tecidos e quando vocês pedirem, faremos, embalaremos e entregaremos pessoalmente ou via correios. A valorização do trabalho manual, sem grandes processos industriais é importante para mudar o olhar do mundo sobre o consumo desenfreado, então valorize as pessoas da sua cidade ou seu país que produzem roupas, arte, sapatos, comidas, etc. O mundo mudou e é hora de todos mudarem diversos conceitos velhos. Valorize também o que você tem, criando novas formas de usar, porém quando for consumir, consuma peças básicas, com cores neutras que combinem entre si. Se você gosta de estampa, pensei que se você usar uma peça estampada, não poderá colocar outra peça estampada diferente junto, terá sempre que ter uma peça básica para combinar. Então consuma de forma consciente, pense muito.

Vou contar um segredo, apenas uma pessoa sabe. Durante todo esse tempo, venho me questionando sobre tudo, aflita e angustiada, não com o mundo, mas comigo mesma. Como dizia Jesus “Bem aventurado os aflitos”. Eu sentia uma sede enorme de mudança interna, então estudei, meditei, trabalhei com pessoas que me ajudaram, ajudei pessoas. Aos poucos as coisas foram acontecendo, pequenas pílulas diárias de conhecimento me foram abrindo a mente, pareciam acasos, mas tudo me servia. Entendi que era uma prova eu me descobrir, me conhecer e aceitar que eu sou. No projeto que participo tem estudos sobre filosofia, espiritismo e valores humanos, aprendo coisas inimagináveis lá. Houve uma época que eu queria prestar concurso público na área do direito, porque eu queria ter segurança. Até que a Tia Marta que ministrava o estudo me disse: “Segurança e liberdade não andam juntas. A gente busca os dois, mas não é possível. Chega uma hora que a gente tem que escolher um dos dois. Trabalhar com o Cristo, trabalhar fazendo o que você gosta, multiplicando seus talentos ou: a Segurança.” Eu sempre me preocupei muito com o que os outros vão pensar ou pensam, ai ela me disse: “Você vive sob o julgo da sociedade ou sob o julgo do Cristo?”. Você escolhe e arca com as consequências futuramente. Ela me disse também: ” Se você escolheu o divino, então não aguarde a matéria. Procura à Deus e à sua justiça, o resto será te dado por acréscimo.”

Depois de tudo isso eu fui ligando os pontos e decidi viver do que eu gosto de verdade, escolhi a liberdade para ser uma figueira que dá frutos fora da estação e não mais uma figueira estéril como dizia Jesus. Eu queria um trabalho que eu pudesse aliar a profissão com o trabalho voluntário, então esse surgiu como uma oportunidade maravilhosa e eu me sinto muito mais feliz em poder multiplicar meus talentos.

Espero que gostem das peças. Fizemos com todo amor, com honestidade, com alegria e verdade. Não foi fácil o caminho, pensei que não ia dar certo, chorei, rezei e não desisti. Apesar de todas as dificuldades, conseguimos ! Conseguimos vencer diferenças pessoais, dificuldades financeiras e o tempo, pois só trabalhávamos 3 dias por semana. Mas aqui estamos, mais próximas do que nunca do lançamento.

Três perguntas: 1. “Você tem a definição íntima no que pretendem fazer da existência no corpo?” Irmão José. 2. Você escolhe a segurança ou a liberdade ? 3. Você escolhe o divino ou a matéria?

Beijos, fiquem comigo nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *